Por que falar sobre suicídio é importante? - Move Mind
Ligue:
11 3995-8855

Por que falar sobre suicídio é importante?

 A cada 45 minutos, uma pessoa comete suicídio no Brasil. A cada ano, o número de pessoas que sedesiludem com a vida e deixam de ver sentido em sua existência é maior. São quase um milhão de vidas a menos por ano no mundo, sendo que 90% dos casos poderiam ter sido evitados se […]

janeiro 22, 2019
Michele Lopes

A cada 45 minutos, uma pessoa comete suicídio no Brasil. A cada ano, o número de pessoas que sedesiludem com a vida e deixam de ver sentido em sua existência é maior. São quase um milhão de vidas a menos por ano no mundo, sendo que 90% dos casos poderiam ter sido evitados se essas pessoas tivessem recebido tratamento, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O suicídio ocupa a terceira posição das causas de morte entre pessoas de 15 a 29 anos, e está em sétimo lugar entre crianças, ouçam bem, crianças de 10 a 14 anos, de acordo com dados da OMS.

O suicídio de jovens e adolescentes está ligado a várias causas, como depressão, ansiedade, dependência de substâncias, bipolaridade, esquizofrenia, inclusive ao sentimento de não pertencimento.

Agora a pergunta que não quer calar é: por que esse assunto ainda é um tabu?

Muitos acreditam que falar sobre esse tema influencia a tomada de decisão de quem tem pensamentos suicidas, mas isso é MITO. Quanto mais falamos em prevenção, deixamos os outros se abrirem, ouvimos e assim ajudamos.

Também é extremamente necessário mudar o pensamento de que a pessoa que ameaça tirar sua vida faz isso para chamar atenção. Isso não é verdade! Ela está gritando por ajuda, do mesmo modo como quem tentou alguma vez findar sua própria vida pode sim chegar a repetir o ato. Então, não a subestime!

O maior fator de risco é a presença de algum desequilíbrio com relação a transtornos mentais, mas pessoas sem alguma patologia detectada também podem chegar a esse estágio, apesar de ter apenas 10% de chance, dados da OMS. Por isso, é cada vez mais importante falar e procurar ajuda quanto a essas causas.

A cada 100 brasileiros, 17 pensam seriamente em suicídio, 5 elaboram um plano e 3 se matam, de acordo com matéria divulgada na Superinteressante. Isso é sério!

Por isso, fique atento aos sinais que pessoas propensas a se suicidar podem ter, como: isolamento, publicações que falem sobre solidão, vingança ou culpa, impulsividade, abuso de álcool ou drogas, alterações no sono e no peso, desapego de objetos que sempre teve cuidado, apatia e pensamentos negativos são alguns deles.

Você pode ajudar quem está ouvindo vozes ou tendo pensamentos suicidas. Escute, dê atenção e ofereça auxílio inclusive para encontrar um profissional preparado que possa tratá-lo. Tenha empatia!

Existe um curso chamado (re) significar que aborda feridas emocionais, porque entende que todos precisam mudar algum aspecto em sua vida e inclusive pode estar passando por uma situação desafiadora e não vê saída. Mas existe. Sempre existe solução.

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Oops! Algo deu errado no envio da sua mensagem.
"Estar alinhado a seu propósito é estabelecer uma conexão direta com o controle do seu futuro."

Michele Lopes
Siga-nos:
Curta nossa página:
Siga: